Alexandre Audi

Principais tipos de Lifting

Os sinais de envelhecimento são um dos principais fatores que fazem os pacientes recorrerem aos procedimentos estéticos invasivos ou minimamente invasivos.

Embora seja um acontecimento natural, eles podem impactar diretamente na autoestima e na autopercepção das pessoas. Nesse momento, a cirurgia plástica entra como um meio de resgatar a autoestima através da melhora da estética.

O lifting é um dos procedimentos mais indicados nesses casos, pois atua removendo as rugas e proporcionando uma maior harmonia na face e também em outras partes do corpo.

Nesse artigo, falaremos um pouco mais sobre os tipos de lifting e suas indicações. Mas vale lembrar que cada caso deve ter uma análise individualizada, portanto, a consulta ao cirurgião plástico é imprescindível!

 

Compreendendo o envelhecimento

 

Antes de abordarmos os tipos de lifting, precisamos compreender como é o processo de envelhecimento, assim, fica mais fácil compreender como cada um deles age.

À medida que os anos passam, nosso corpo diminui a produção de colágeno. Essa proteína contribui para maior elasticidade e resistência no corpo como um todo e, na pele, essa atuação fica ainda mais evidente.

Com o passar do tempo, quando a produção de colágeno diminui, a movimentação da pele passa a deixar marcas e pode evoluir para o surgimento de rugas. Um bom exemplo disso, são as marcas de expressão na testa.

Além disso, a queda na produção dessa proteína causa a chamada ptose dos tecidos, ou seja, as sobras de pele que geralmente são mais presentes na papada e pálpebras.

A função do lifting é levantar os tecidos e, assim, recuperar áreas onde há rugas, marcas de expressão e ptose.

Isso pode ser feito em várias partes do rosto durante uma única cirurgia, ou pode ser realizado em apenas uma área específica.

Existem, basicamente, quatro tipos de técnicas aplicadas ao lifting. Vamos ver?

 

  • Lifting SMAS

Essa é a mais comum e consiste, basicamente, em reposicionar a musculatura da face para cima e apenas  remover o excesso de pele, redistribuindo a pele remanescente de forma harmônica.

 

  • Lifting SUB-SMAS

Muito semelhante ao anterior, com uma leve diferenciação: aqui há elevação do sistema músculo-aponeurótico da face e o tensionamento é maior.

 

  • Lifting Facial Profundo

Esse tipo cobre uma maior extensão, tensionando também os músculos do pescoço (cervicoplastia) e retirando pele das pálpebras superiores e inferiores (blefaroplastia).

 

Tipos de Lifting de acordo com a área

Além disso, os liftings podem se diferenciar de acordo com a área em que são realizados, já que cada uma das partes onde o procedimento é feito exige uma incisão e cuidados diferentes.

 

Veremos algumas delas a seguir:

 

  • Lifting Facial

O mais conhecido de todos, sem dúvida. Ele é realizado na face, como um todo, através de uma pequena incisão na linha do cabelo rodeando a orelha. O cirurgião aplica a técnica escolhida trazendo toda a musculatura da face para o lugar original e retira o excesso de pele.

 

  • Minilifting

Esse tipo de lifting é realizado através de incisões menores que o anterior, o que possibilita um nível de alteração não tão profundo. As técnicas aplicadas atuam, principalmente, no terço médio inferior do rosto.

 

  • Lifting no pescoço

Essa cirurgia também é conhecida como cervicoplastia e seu objetivo é corrigir a região do pescoço, removendo os excessos de pele e corrigindo as bandas platismais, que nada mais são do que aquelas linhas ou marcas no pescoço. Para sua realização, é feita uma incisão abaixo do queixo.

 

  • Lifting Temporal

Focado em rejuvenescer o terço superior do rosto, essa cirurgia levanta a região temporal, utilizando o mesmo tipo das técnicas anteriores. Mas, o foco aqui é reposicionar toda a região temporal, resultando em um posicionamento melhor do supercílio e do olhar.

 

  • Lifting de Braço

Corrige a flacidez ou excesso de gordura na região dos braços. Através da realização de duas incisões feitas no interior ou na parte de trás do braço, o excesso de pele é retirado. Já no caso da retirada de gordura, é realizada uma lipoaspiração no local.

 

  • Lifting de Coxa

Reduz o excesso de pele e pode, inclusive, diminuir a gordura localizada, através de uma lipoaspiração em conjunto. O resultado é uma região com contornos mais uniformes e a pele mais lisa. As incisões realizadas e o método aplicado são decididos de forma individualizada.

 

Esses foram alguns tipos de lifting. A indicação para cada um desses procedimentos depende muito do desejo do paciente e da avaliação do cirurgião plástico. Por isso, procure sempre um profissional com grande experiência na área para aumentar suas chances de ter o resultado esperado e garantir a segurança do procedimento.

 

Para mais informações e agendamentos, entre em contato através dos números  (11) 95051-2021 | (11) 3287-3102 | (11) 92009-9748.

Meu consultório em São Paulo está localizado na Alameda Santos 455, conjuntos 1210 e 1211. Os horários de atendimento são de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h.

Alexandre Audi

Alexandre Audi

Médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 2007.Cirurgião Plástico da Retaguarda e do Núcleo de Feridas Complexas do Hospital Sírio Libanês. Doutorado em andamento.Primeiro Tenente Cirurgião Plástico do Hospital da Força Aérea de São Paulo (HFASP).
5 1 vote
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja também

Fale Conosco!